Farinhas moídas em mó de pedra

0

Sem produtos no carrinho.

Produtos Naturais Farinha moída em mó de pedra permite uma moagem mais lenta e sem grande aquecimento preservando o seu valor nutricional e o sabor natural. 100% CEREAL g Ver Mais Produto artesanal Farinha moída em mó de pedra permite uma moagem mais lenta e sem grande aquecimento preservando o seu valor nutricional e o sabor natural. PRODUTO
EMBALADO À MÃO
g Ver Mais
Slow food Farinha moída em mó de pedra permite uma moagem mais lenta e sem grande aquecimento preservando o seu valor nutricional e o sabor natural. VIVA SAUDÁVEL g Ver Mais

Novos Produtos

Farinha moída em mó de pedra permite uma moagem mais lenta e sem grande aquecimento preservando o seu valor nutricional e o sabor natural.

Fugas, Jornal Público

Veja o nosso artigo no Fugas

Slide New Layer l k Mário & Helena Casal fundador da Naturalfeelings e responsáveis pela reabilitação da Moagem Carlos Valente. Mário Nunes natural de Alvôco das Várzeas, Licenciado em gestão hoteleira veio para Ilhavo em 2013 e em conjunto com Helena Resende Natural de Vale de Ilhavo e neta de Carlos Valente, também formada em gestão hoteleira resolveram abraçar este projecto.
g

Natural

100% cereal

f

Vida Saudável

Seja saúde

f

Farinha mineralizada

Moída em mó de pedra

f

Produção sustentável

Isento de OGM's

Slide 100% cereal Moagem lenta e sem grande aquecimento preservando o seu valor nutricional. g f g d h d

Os nossos artigos mais recentes

Cereal Nacional

Os nossos cereais são, maioritariamente, de origem nacional.

Isento de OGM's

Não utilizamos cereais geneticamente modificados

Livres de pesticidas

Os cereais são isentos de pesticidas

O que dizem de nós

Tânia Ferreira

Um bom pão não resulta apenas da excelência da receita ou do processo, mas da base, dos ingredientes. Esse foi o primeiro passo para a escolha das farinhas da Moagem Carlos Valente. Nelas sinto a verdade e o respeito pelos cereais, o respeito e a valorização pelo processo de transformação dos mesmos, uma moagem que conhece as mãos e o esforço de quem a faz. É, pois, um enorme privilégio trabalhar com estas farinhas e perceber que o pão ganha sabores com história, sabores com memória, com identidade, que nos enchem o coração. A minha avó conta-me dos tempos em que ainda criança ia ao moleiro a pé levar os cereais para depois os trazer já moídos. Levava, maioritariamente, o milho, mas também algum trigo e centeio e deste último, mais raro, conta do pão maravilhoso que fazia. Bem, com ela aprendi e convivi desde pequena com a tarefa da broa de milho em forno a lenha, de processo lento e longo, de exploração de texturas, aromas e sabores, mesmo sem conseguir definir ou interpretar esse processo. É a partir dessas memórias, desse tempo lento, dessa verdade pelos ingredientes, que as farinhas da Moagem Carlos Valente aparecem como inspiração e concretização!

Lee

Extremamente aromáticas, boas de trabalhar e fiáveis. Gostamos destas farinhas também por serem maioritariamente locais e de produção familiar, como nós.

Ana Rocha

Tive conhecimento destas farinhas da melhor forma. Num momento de partilha sobre a modesta Arte de fazer Pão. Arte não menos modesta, é a própria Moagem. Sem boas farinhas, sem boa moagem, em mós de pedra, não pode haver bom Pão. É o meu lema, é aquilo em que acredito, é aquilo que sempre procurei para o meu Pão! Com receio das farinhas integrais que pareciam tão ásperas, consegui os melhores pães, testemunhado pelos clientes. Clientes de pão, que passaram a ser clientes destas farinhas! Bem hajam pelo vosso trabalho e dedicação! Um próspero e longo futuro, no incrível mundo das Farinhas e dos Moinhos (e do Pão).

Joana Roque

Como faço habitualmente pão em casa, (e cozinho também bastante!) uma das minhas preocupações é conseguir encontrar ingredientes com a melhor qualidade possível, e de preferência menos refinados e produzidos de forma mais natural. Andava de volta das farinhas quando descobri as moagens Carlos Valente e encomendei de imediato, até porque já tinha ouvido falar delas! Foi assim um bocadinho de amor à primeira experiência, com pão a saber mesmo a pão! Foi uma excelente descoberta e que veio para ficar!

Marina Cunha

Descobri a Moagem há quase dois anos quando decidi começar a fazer pão de massa mãe em casa. As vossas farinhas têm sido uma constante cá em casa, não só para o pão, mas para tantas outras aventuras culinárias que saem das minhas mãos. É um gosto poder apoiar um projecto local gerido por gente com bom coração e isso é algo que farei sempre. Obrigada pela vossa dedicação e carinho.

Topo
X